As três ofertas

 Ir Patricia Rivas, EP

3º ano de Ciências Religiosas

Conta-se, nas crônicas da Ordem dos Menores, que, certa vez, Nosso Senhor apareceu a São Francisco de Assis, pedindo-lhe três ofertas. Ao que o santo respondeu: “Não tenho nada para oferecer, porque já me entreguei todo a Vós, e tudo o que me pertence vos pertence. O único que tenho é esta túnica e esta corda, que também são vossas”.

Nosso Senhor insistiu, dizendo-lhe que colocasse a mão no peito e tirasse daí uma oferta. São Francisco obedeceu, e tirou de seu peito uma moeda de ouro tão brilhante como nunca vira antes. Entregou-a a Nosso Senhor, que lhe ordenou repetir o gesto, e, pela segunda vez, o Santo encontrou uma moeda. Faltava apenas a terceira oferta. Nosso Senhor mandou o monge fazer o mesmo pela terceira vez e, assim, completaram-se  as três ofertas pedidas.

Nosso Senhor então lhe explicou que as três moedas simbolizavam a dourada obediência, a preciosa pobreza e a formosa castidade. São Francisco então declarou que em nada lhe remordia a consciência pelo fato de guardar tais moedas no peito…

No dia de nosso Juízo, quando formos cobrados por Deus, poderemos dizer como este grande Santo que tudo o que temos guardado conosco em nada nos remorde a consciência?

 

2 ideias sobre “As três ofertas

  1. Salve Maria,Querida Ir Patricia Rivas, EP,
    Salve Maria,Demais Irmãs Arautos do Evangelho,EP e Estudantes Arautos do Evangelho,
    As três ofertas:Obediência,Pobreza e Castidade são ofertas que todos nós deveríamos dar ao Criador de todas as Maravilhas do Universo.
    Obediência em tudo!!!Deus se comunica conosco de diversas maneiras….dando-nos sinais para que possamos conduzir nossas vidas.ELE é o CAMINHO,a VERDADE e a VIDA!!!Mas ELE nos dá o Livre Arbítrio.Ao escolhermos um caminho a seguirmos podemos acertar ou errar,infelizmente,muitas vezes isso acontece….
    Porque desobedecemos à voz interior ,não temos Discernimento Espiritual e falhamos.
    Desobedecemos.Pecamos.
    È preciso rezar,estarmos atentos e vigilantes,discernir o Bem do Falso Bem.
    Quando optamos pelo BEM,obedecemos sem receio nenhum.
    Quando vivemos numa Sociedade,numa Comunidade devemos seguir regras,obedecer normas,pois existe uma Hierarquia para que tudo ocorra dentro da normalidade.Assim,devemos ser para com Deus.Obedecê-LO e se todo o mundo fizer isso,o mundo será melhor….
    A pobreza.?….precisamos SOMENTE do suficiente para vivermos.
    Muitos não tem nem para sobreviverem…..
    Então,para que ter supérfluos?
    Castidade!!!Sim!
    A castidade deve ser a oferta que a pessoa deve dar com muita certeza!!!pois de nada adianta querer dar,se não der primeiro o seu voto de Obediência!!!
    Quando uma pessoa deu a sua obediência,a pobreza a Deus como oferta de Amor,então,a pessoa está livre dela mesma,ou seja,ela está entregue nas mãos de DEUS e nem seu corpo material lhe pertence mais.
    Assim se dá com os religiosos ,com os consagrados e todos àqueles que por vontade própria o desejarem por motivos pessoais….
    Deus é Bom,Deus é Misericordioso.

  2. Salve Maria!
    Ninguém chega a santidade sem ter passado pelas provas mais duras, porque aquele que Deus ama faz sofrer as lutas mais duras. Santo que não tenha tido de enfrentar obstáculos terríveis não foi santo, porque o cumprimento do dever impõe esses obstáculos. O santo é um herói é um atleta de Nosso Senhor Jesus Cristo, é por isso que se diz, a definição de santidade é a virtude heroica, são os heróis de Nosso Senhor Jesus Cristo, as santas são as heroínas
    Conferencias sobre a santidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *