A cor da alma

Carolina Amorin Zandoná

2º ano de Ciências Religiosas

Certa vez Plinio Corrêa de Oliveira teceu o seguinte comentário a respeito de uma imagem de Nossa Senhora das Graças: “Esse branco corresponde à cor da alma de Nossa Senhora. A inocência da Sancta Virgo Virginum — que é inocente sem comparação com nada e com ninguém, acima de tudo, exceto de Nosso Senhor Jesus Cristo — se exprime nesse branco de um modo maravilhoso”.[1]

O caro leitor já pensou em meditar sobre as cores? É a isto que o convido, propondo-lhe como tema um desafio: se pudéssemos ver a alma de um Santo, de que cor ela seria?

Para não ficarmos apenas na teoria, voltemos nossa atenção a um exemplo concreto: a vidente de Lourdes, Santa Bernadette Soubirous.

Bernadette, uma pobre camponesinha, filha de um moleiro, com uma inteligência bem limitada e uma saúde muito débil, foi escolhida pela Santíssima Virgem para ser uma verdadeira heroína.

Bem poderíamos comparar a sua alma a um vermelho carmesim, simbolizando sua forte personalidade, decidida a propagar incondicionalmente a mensagem de Nossa Senhora, apesar de todos os revezes que se lhe apresentaram ao longo de sua curta vida. Todas as ingratidões, maus tratos e perseguições de que foi alvo eram, na verdade, elementos de santificação enviados pela Providência que acrescentaram ao vermelho carmesim de sua alma o esplendor áureo do heroísmo.

Somente na eternidade poderemos contemplar a glória e a vitória de todas as lutas dos santos que agora vislumbramos, considerando as cores de suas almas.

[1] CORRÊA DE OLIVEIRA, Plinio. Porte régio e virginal. In: Dr. Plinio. São Paulo: Ano XVI, n. 188, nov. 2013, p. 19.

Uma ideia sobre “A cor da alma

  1. Salve Maria,Querida Estudante Carolina Amorim Zandoná,
    Salve Maria,Queridas Irmãs Arautos do Evangelho,EP,
    Que lindo!!!!artigo.
    As cores me encantam.
    Deus fez Tudo lindo e Perfeito,e continua e continuará fazendo,mesmo às ofensas das pessoas às Obras da Criação.
    Nesse ano de 2017 a Campanha da Fraternidade nos fala dos BIOMAS do nosso país.,Biomas terrestres!Cada um deles tem a sua cor marcante.
    Assim também deve ser a alma de cada pessoa,e penso que momentos e circunstâncias colorem de cores alternadas a alma de cada pessoa.
    Porém,cada pessoa tem SIM na sua alma a cor que a colore,que lhe dá mais Vida.Não é preciso que saibamos enxergar com os olhos de carne.A cor da alma existe porque DEUS nos criou,e sendo assim,não partiu da nossa vontade de escolhermos uma cor .
    Todas as cores são lindas!!!!
    Imaginem ,então,um arco-íris…..Deus reuniu ali algumas cores e fez essa linda criatura.
    Quanto ao vosso desafio,Cara Estudante Carolina Amorim Zandoná,falar da cor da alma dos Santos é um desafio que merece estudos.
    Mas….direi que vou procurar saber qual Santo tem a alma cor alaranjado,pois gosto muito!!!!!dessa cor.E também a cor rosa clarinho,bem delicadinho.Laranja e Rosa.Vou tentar descobrir e lhe direi depois.
    Desejo-lhe um final de semana abençoado na Presença de Nossa Senhora com lindas flores coloridas,das mais variadas cores.
    Fiquemos unidas em orações e nos corações.
    Peço-lhe(s)orações para que Nossa Senhora me conceda uma GRAÇA.
    Beijos fraterno.
    Ceres de Andrade Paes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *